Wednesday, March 11, 2009

Nem só de politica, vive o homem


Apesar de mesmo este post estar directamente relacionado com ela...mas mesmo assim gostaria de vos falar de um tema que me é muito querido e importante, e que provavelmente irão concordar com a parte da importancia, mas que pouca gente pára para olhar e "assimilar" verdadeiramente, o ambiente, a natureza.
Portugal, possui, á semelhança de praticamente todos os paises europeus uma riqueza ambiental notoria, potenciada neste caso pela situação geografica em que se encontra, e tendo uma fauna e flora caracteristicas tanto do magrebe, como da europa.
Apesar da desolação provocada pelos incendios que todos os anos consomem dezenas de hectares de floresta, ainda restam alguns "paraisos" ricos em animais e plantas que são extremamente caracteristicos do nosso pais; portugal possui uma avifauna impressionante, e especialmente o algarve, com o seu ecosistema da ria formosa, proporciona um refugio de inverno para aves migratorias de paises como africa ou escandinavia, e um local seguro e repleto de alimento para criarem a sua prole.
No entanto, e especialmente na região onde me encontro (Algarve) tem-se assistido nas ultimas décadas a uma violação indiscriminada da natureza, com a construçao de resorts e campos de golfe por todo o lado, numa área onde os recursos hidricos devem ser geridos com cuidado, destruindo deste modo um património ancestral que é de todos, em beneficio de alguns poucos, que não contribuem senão para aqueles iguais a si...
Espero que os municipios que vivem rodeados pelas serras, parques naturais, compreendam o valor do seu patrimonio natural, que saibam que é possivel retirar sustento desse ecosistema, seja atraves do turismo ambiental e cultural, da recolha dos frutos, cortiça e demais produtos naturais, e que apostem na sua preservação e melhoramento, agrada-me saber que a um nivel governamental se fazem algumas coisas, como por exemplo a criação do centro do lince iberico em silves que servirão para a posterior libertação de animais na natureza, dando assim de novo, espaço a um animal que sempre esteve presente na peninsula iberica e que tristemente é o felino mais ameaçado do mundo, o lince e muitos outros animais e plantas necessitam de medidas como esta, e se de facto se conseguir incutir nas populaçoes, o respeito pela natureza, em vez da visão tradicional de um bem a ser usado consoante se quer, é possivel viver rodeado dela, tirar proveito da mesma e perserva-la, assim o atesta o casal de corujas do mato (strix aluco) que vive perto de mim, para que imagens como esta aqui exposta, possam continuar a ser vislumbradas pelas gerações de hoje, e amanhã.

1 Comments:

Blogger Charlie, The Sinner said...

Na minha terra há muito verde e não deixam construir ao desbarato! É considerada património mundial, não há mamarrachos nem coisas do género, há casinhas bonitas e muitas plantinhas e bichinhos!

Beijinho

4:38 PM  

Post a Comment

<< Home