Wednesday, December 28, 2005

My hate has no boundaries

Odio, raiva, tristeza, são os sentimentos que acompanham o meu dia a dia; sei bem o pq da sua existencia, sei bem como poderia extingui-los, mas não consigo, e verdade seja dita, acho que tambem nao quero, sou um eterno pessimista e creio que so assim se pode estar com o olho aberto neste mundo, pq normalmente as coisas que acontecem são más, sendo-se pessimista apenas se diz: "não é nada que eu não esperasse" sendo-se optimista procura-se dar a volta à situação mas a verdade é que as quedas da vida deixam as suas chagas que se vão acumulando e que explodem num mar de lagrimas e tristeza.
Já não me lembro da ultima vez que esbocei um sorriso verdadeiro, mas não tem importancia, tamb não tenho muitas razões para sorrir, é a raiva e odio que me consomem, estou cansado de odiar, estou exausto deste sentimento que pesa tão mais que os outros, gostava às vezes de poder apagar toda a gente deste mundo, chega alturas em que não suporto as gargalhadas, as conversas futeis, os progrmas futeis; este mundo, tresanda a futilidade e a superficialidade.
Mas este odio que me prende e do qual nao me quero libertar, quem sabe se por comodismo, esta a escravizar-me, faz com que aja irracionalmente quando é requerido raciocinio imparcial, faz-me dores de cabeça interminaveis, está a dar cabo de mim, e o pior de tudo isto é que o culpado sou eu, e sei como tudo terminar mas não sei se tenho vontade de o fazer, nem sei sequer se será proveitoso; saberia eu viver num mundo que os meus olhos e vontade me dizem ser o dos "outros"?

3 Comments:

Blogger Tia Concha said...

não sei que te diga...

Acho que neste caso somos com yin e o yang, porque eu sou uma óptimista convicta, mesmo que algo me corra muito mal, ou me sinta miseravelmente tempo dar a volta por cima, e ando sempre a rir, é innatu.

Tenta canalizar a tua raiva para algo proveitoso, porque um dia destes ainda entras na faculdade aos tiros ao pessoal, ou pior, tornas-te o alvo da tua raiva...

Bom ano...

9:34 PM  
Blogger Voice_Of_The_Opressed said...

Acho que o facto de sermos optimistas ou pessimistas tem a ver com a propria personalidade e com as vivencias pessoais; assim sendo, tanto um factor como outro me dispoem para ser pessimista, acredita que tento, e as vezes consigo, mas gostava de a fazer desaparecer, estou exausto e a minha saude reflecte-se nisso, boas entradas e que este novo ano seja em tudo muito melhor que o anterior...

10:49 PM  
Blogger Cruzeiro said...

Julgo que terá mais a ver com a propria personalidade das pessoas, há quem leve porrada a todas as horas e continue na esperança de dias melhores, e há quem tenha tudo e nunca tenha tido quaisquer tipo de problemas e passe a vida pessimista...
Concordo com a tia concha, tens que canalizar essa tua raiva para algo positivo, só estás a fazer mal a ti próprio!
Um dia, com tempo conto-te uma história...pode ser que te ponha a pensar, e que te dê força, pensa que há sempre alguém que está pior que nós e que continua a lutar, se há quem esteja pior e pense que vale a pena viver, nós temos que colocar os olhos nessas pessoas e fazer delas a nossa força!

8:19 PM  

Post a Comment

<< Home