Thursday, December 22, 2005

Natal, e natais...

Chega sempre todos os anos, esta quadra festiva que é o natal, e que hoje em dia perdeu practicamente todos os seus ideiais, plo menos para a maioria das pessoas, sendo substituido pelo consumismo desenfreado; adiante, existem certos valores tais como a reunião familiar e o fazer de conta que nos preocupamos realmente com quem precisa que ainda permanecem, e é como se seria de esperar uma quadra de paz e alegria, uma pausa bem construida dos 365 dias que compoem o ano, é suposto ser isto o natal, mas e então os natais de cada um individualmente? E daqueles que não tem razões nenhumas para festejar mas mesmo assim o fazem? E o natal, daquelas pessoas, que queriam ter um natal sereno e de paz, e não conseguem mais do que um vislumbre da dita paz, raramente pensamos nestes factos, eu confesso que este ano será o primeiro que o irei fazer com maior intensidade, muito por culpa de um acontecimento traumatizante que sofri. Ontem, quando regressava a casa um individuo com uma taxa altissima de alcolemia embateu no meu carro, deixando-o completamente desfeito, não sou religioso como ja varias vezes o disse, mas confesso que acreditei seriamente que tive Deus do meu lado, plo facto de ter sofrido apenas uns cortes ligeiros numa mão, e de ter ficado dorido, a verdade é que vi a minha vida a passar por um fio, que se susteve, acredito hoje mais do que nunca na frase proferida por um filosofo cujo nome não me lembro e que era a seguinte: "o inferno da vida são os outros" devido à irresponsabilidade de um individuo poderia nao estar aqui hoje a escrever este post, ou poderia estar muito mal, sei que sera feita justiça ( irei assegurar-me disso e tenho tudo a meu favor) mas sei tambem que este acontecimento me irá marcar para o resto da vida, posto isto só me resta desejar-lhes um Santo e feliz natal, e umas boas entradas no ano seguinte, que os vossos natais sejam um espelho do verdadeiro Natal...

2 Comments:

Blogger Tia Concha said...

Espero que estejas mesmo bem....

Eu simplesmente ADORO o Natal, vou de véspera para a casa da minha avó que tem 76 anos e ainda gosta de juntar a família toda.
Sou a única neta autorizada a entrar na cozinha, também porque saomos muito parecidas, e simplesmente adoro cozinha.

A família junta-se, é muito divertido.

Desejo a toda a gente o melhor, e para o ano espero estar a comentar o teu post...

òósculos

9:30 PM  
Blogger Cruzeiro said...

Felizmente que estás bem "miudo"!
Eu confesso que este ano, por diversos motivos menos felizes que estão a acontecer, vou tentar dar o ar da minha graça durante o natal e tentar esquecer que há muito que não têm...
Estamos vivo e isso é de facto o mais importante e o que temos realmente que comemorar.
Um Feliz Natal para ti.
Beijoca

11:41 AM  

Post a Comment

<< Home