Tuesday, October 17, 2006

Deus

Nunca tinha escrito um post sobre religião, e muito menos sobre a entidade sob a qual quase todas as religiões tem o seu fundamento.
A verdade é que de momento nao professo qualquer religião, não sou ateu, pois afirmar o que é impossivel de transformar em facto é estupidez e arrogancia, serei entao agnostico, simplesmente não sei se Deus existe ou não, mas as vezes é uma questão que me incomoda bastante, não tanto por Deus em si mas pela condição humana, pq eq somos tão diferentes dos outros animais em coisas cruciais (pelo menos para nós) e se assim é e pudemos especular àcerca da vida pos-morten, ou de uma continuação chamem-lhe o que quiserem, não sera isso so por si revelador da existencia de uma ordem qualquer que escapa à nossa compreensao quem sabe se propositadamente?
Das inumeras religiões existentes conheço mais ou menos bem tres delas: o cristianismo, budismo e islamismo, não vejo quase nenhuns atractivos no islamismo, é um religião na minha opiniao belica, ensinadora de preconceitos, mas ao mesmo tempo ensina hospitalidade e amor ao proximo, a fraqueza dos grandes podemos talvez chamar-lhe. Buda por seu turno renunciou aos bens materiais e luxurias para viver uma vida de regredo, como os pobres e procurar assim atingir o maximo da sua plenitude existencial enquanto ser humano; ensina a ser humilde, a dar valor ao trabalho(factor que acho muito importante) a ajudar os demais, contudo nao se trata de uma religiao de "intervençao"; acho o budismo muito interessante e com ensinamentos que vale a pena reflectir.
O Cristianismo, auto-proclamado como a verdadeira religião, detentora da verdade, penso que todos nós conhecemos bem a doutrina do cristianismo mas nunca é demais referir: os dez mandamentos estao fora d uso mas o importante nesta religiao é o amor, amor ao proximo, a si mesmo, ao deus unico, resumindo, vive amando e serás feliz, uma doutrina que se calhar ate esta perto da verdade, mas os meios usados para tal fim condenaram a instituição igreja ás trevas, do conservadorismo, do dogma, da desumanidade em muitos casos, uma lastima.
Houve alturas da minha vida em que questionei seriamente a existencia de Deus, em que procurei axar um indicio da sua presença, consegui e não consegui e agnostico permaneci.
Não sei se acredito em deus ou não mas procuro viver a minha vida de acordo com aquilo que considero as doutrinas da religião universal: o inconformismo, o reconhecer da individualidade como magnifica, a solidariedade, a compaixão, a seriedade perante as adversidades da vida e a liberdade, para mim não pode existir uma religião institucionalizada que retenha todas estas crenças, e afinal se Deus existe sorrirá perante um cristão conformado, ou com um agnostico inconformado?

4 Comments:

Blogger Bruno Nunes said...

Sempre ouvi dizer que não se brinca com Deus... :)
Continue o trabalho neste bonito blog!
PS: Vê lá se te orientas com o messenger qué pró pessoal falar.

10:03 PM  
Blogger Tia Concha said...

Endorama, não sei...

Descobri a minha fé há muito pouco tempo.

mas tenho um "fraquinho" muito grande por Stº. António.

Mas há em mim uma costela agnóstica muito grande.

Ainda me debato sobre no que eu acredito!

Tenho ido há missa todos os domingos ( quem diria eu...), e digo-te mais, tem me feito muito bem espiritualmente falando, mas o padre também ajuda, tem sempre uns sermões muito actuais e contundentes.

Agora se falar-mos no padre quando vou à missa com o meu avô, é do pior.

hehehe! Pega no microfone e vem para o centro da Igreja resmungar com a população! do melhor!

trudilu*

10:14 PM  
Blogger jc said...

Realmente e na verdade, existem muito poucos ateus… Até o mais ateu dos ateus quando passa por um calafrio ou um percalço diz, “Meu Deus”… Essa é uma verdade incontornável… Agnósticos, é o que existe neste mundo… Ateus, não acredito…

O ateu mais conhecido do nosso país, o Dr. Mário Soares, diz “meu Deus”… Então é que é que ficamos?!

Depois uma coisa que achei imensa piada quando ouvi, e que considero verdade indubitável, é o seguinte: aquele que acredita mais em Deus, não é o Homem; mas é o diabo, pois se Deus não existir o diabo também não existe…

Se não sabes se Deus existe ou não, já te recomendei uns livros… Acho que seria importante para ti leres… Podias ter uma perspectiva diferente da que tens actualmente, o que penso ser algo essencial para ti… Perspectivas semelhantes à tua, e que foram mudando… Vê também o site do Lee Strobel, pois contém imensa informação…

Não vou discutir religiões… Em primeiro porque não acredito em nenhuma. Todas as religiões, como são feitas por homens, cometem erros… Eu acredito no Deus vivo! Sim, VIVO… Porque Jesus ressuscitou ao 3º dia… E em nenhuma outra religião aconteceu isso… Queres exemplos: Maomé, morto; Buda, morto… Etc…

Actualmente, em Portugal pelo menos, Cristianismo é confundido com a igreja católica… Isso não podia ser mais erróneo… O Cristianismo, na minha perspectiva, não se auto-proclama nada… Ele é o que é! A verdade, é que sendo Deus o que é, deu o Seu Filho por todos nós, e deixou-O morrer na maneira mais dolorosa de morrer, com um sofrimento inimaginável…

Um Cristão conhece-se sabes porque?! Pelo FRUTO DO ESPÍRITO! Isso sim, marcaria a diferença no nosso país...

A minha verdade não é superior à tua… Apenas existem provas mais que suficientes de que Jesus foi quem disse ser… Se elas existem e eu as vejo tenho de acreditar na verdade…

Faz o que te disse no meu comentário anterior! Depois poderás dizer-me se tenho ou não razão…

Abraço
Deus te guie na tua luta e na tua solidão!

10:22 AM  
Anonymous Daniela Mann said...

Creio que Deus sorri para todo aquele que lhe confia a sua vida!
Beijinhos(¯`♥’´¯)
`•.¸.•´
¸.•´¸.•´¨)¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•´ .•´.•´¯`•(¯`♥’´¯)
`•.¸.•´
¸.•´¸.•´¨)¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•´ .•´.•´¯`•

12:48 AM  

Post a Comment

<< Home