Saturday, December 29, 2007

Nihilist Fucks!!

Existem tantas razoes pelas quais eu odeio o nihilismo e nieztche que se torna dificil enumera-las mas vou expor algumas; ora bem, nietzche era um louco, tudo bem fez frente a igreja numa epoca em que tal acto estava a tornar-se comum mas mesmo assim ainda era de coragem, e fê-lo exactamente por ser...louco!!
Um louco que muito provavelmente independentemente da sua demencia tinha outra serie de caracteristicas como talvez o facto de ter sido molestado por padres, ou pelos pais ou espancado ou gozado na escola, qualquer trauma nao resolvido e encarado que fermentou durante a sua vida uma loucura atraente aos olhos de muitos, repuganante aos olhos de outros e ridicula quanto a mim!!
Ora o nihilismo derivou do dito filosofo e basicamente é uma conjugaçao de especulaçoes sobre a existencia, o cedermos aos instinctos basicos e sobre a relatividade de todas as coisas ou sua existencia, ou seja eu nao existo nada existe e nao se pode ter a certeza q existam!! E assim sendo o bem e o mal tambem nao se podem catalogar, dependendo entao da interpretaçao dos individuos e é claro sem penalizações assim se eu decido fazer um genocidio pq acho bem, numa sociedade nihilista nao havia problema; nao me vou alongar neste post sobre discussoes filosoficas ate pq nao simpatizo muito com "filosofos e poetas duros" ou seja aqueles sem cunho interventivo, citarei camilo castelo branco e fernando pessoa, nao os suporto, mas gosto de Antero de Quental primeiro poeta socialista!!
Mas voltando ao nihilismo, os nihilistas nao acreditam em nada e nao defendem nada, muito provavelmente numa sociedade um individuo nihilista ou sera um sem abrigo, ou um ladrao ou agarrado ou entao suicida-se dada a incerteza da sua existencia!! Sem generalizar claro esta!!
Ora eu sou nao adiro a nenhuma filosofia de vida, antes tenho um conjunto de valores morais que podem ser encontrados no cristianismo, no budismo ou no humanismo, junto aqueles que considero melhoes e crio o meu sistema de valores sem pertencer a qualquer corrente, mas tenho a certeza de muitas coisas e se o bem e o mal sao relativos facilmente percebemos que ajudar uma pessoa cega a encontrar algo que deixou cair ou pelo contrario esconder oq perdeu sao dois actos um bom e outro mau, e nao existe relativismo neste aspecto, como esta amplamente escrito e divulagado esta frase continua e quanto a mim sempre sera actual: "ou és parte da solução, ou és parte do problema"

3 Comments:

Anonymous Dawn (or Firnis, whatever) said...

Tá boa, essa... vou estudar Nietzsche nas próximas semanas para a disciplina de Estética e Teoria da Arte (ou ETA também serve), e a sua obra, A Origem da Tragédia, em que é exposta a teoria do Belo-Horrível que, perdoa-me, não deixo de considerar algo atraente... mas de resto, não conheço o homem nem os pontos essenciais da sua filosofia (shame on me visto que gosto de filosofia, embora nunca tivesse aprofundado). Quanto ao Nihilismo, também não conheço muito, mas se, segundo o que dizes, os nihilistas não acreditam na existência de valores morais inerentes ao próprio homem... bem... se a sociedade se regesse por esse sistema, então a esta hora provavelmente já teria sido espancada por algum maluco, sem que ninguém me pudesse defender a não ser eu própria (a parte boa seria que eu podia matá-lo ali mesmo, sem que do mesmo modo nada me acontecesse... ou talvez não, mas não interessa). Enfim, no que respeita à não real existência das cenas e do facto de tudo ser relativo... epah, a verdade é que cada um interpreta a realidade à sua maneira, tem pleno direito para tal, mas há valores que devem ser estabelecidos para bem da própria humanidade e estabilidade social, não? Eu posso acreditar em cenas que outros não acreditam, e vice-versa, desde que isso não atrapalhe a sociedade ou vá contra a liberdade de outrém (não gosto nada da cena de "a tua liberdade começa quando acaba a de outra pessoa", não devia ser assim, mas é o que acontece. Saberemos que estamos no mundo perfeito quando o dinheiro deixar de ser necessário e quando essa frase já não se aplicar à humanidade... só que tentar pelo menos atenuar essa verdade é já um bom passo)bem como dizes, ou se faz parte do problema, ou se faz parte da solução, e a solução é acreditar em valores que, sem serem impostos à força, antes assimilados pela sua eficiência, possam ajudar as pessoas a viver da melhor maneira em comunidade. Sejam eles quais forem.

11:32 PM  
Anonymous Voice_Of_The_Opressed said...

hehheh :) sim de facto cada pesoa faz a sua interpretaçao das coisas mas relativamente aos valores e modos de agir creio que existe ou deveria exitir um consenso mais ou menos geral sobre isso mesmo; eu nao gosto do nihilismo pq basicamente a filosofia do mesmo é: nao faças nada nao penses sê como um animal, come dorme e morre sem historia nem gloria nem honra nem nada!!

10:41 AM  
Blogger Charlie, The Sinner said...

Há um ano tive uma discussão do tipo, com o prof de Filosofia ;_; e o estúpido do homem não tinha argumentos, mas viva o Nihilismo ;_; Há uns tempos voltei a falar no assunto com um amigo, foi animada, a discussão.
De facto, há gente louca e parva, e há gente que lhes dá ouvidos - estão no seu pleno direito, enfim.

Tadinho do Pessoa! :\

Bom, bom ano**

3:33 PM  

Post a Comment

<< Home