Wednesday, August 29, 2007

Não obrigado

A internet é um poço sem fundo, ao mesmo tempo que permite ter este blog e tantos outros para partilhar pontos de vista, fazer propaganda etc causa imensos problemas para podermos fazer oq quer que seja em condições, enfim isto para iniciar o topico sobre informatica, devia de ser das ultimas coisas que estudaria, pq: o computador serve no meu caso para: trabalhar e sacar musica de graça, e pa ver uns filmes no youtube quando os há, mas de resto, pensem como sera a vida agarrado a um pc durante umas 8, 9 ou 10 horas por dia!! Eu fico duas horas e xega-me nem posso olhar po bicho o resto do dia!! Enfim que os computadores atrofiam a mente das pessoas isso ja se sabe, por um lado convidam a preguiça, e o ppl torna-se em verdadeiros eremitas "ha e tal n vou sair pq tou a falar com x (se calhar nunca o viu na realidade) no msn ou o cacete!! Epah eu tamb tenho msn mas nao passo os dias agarrado akela merda!! alias tirando nas ferias kuase nunca la vou, isto para dizer que nada substitui uma conversa face a face, kem se lembra das conversas virtuais por mais numerosas que sejam e kem se esqueçe duns copos no cafe?? Ora sabemos bem hoje que as competencias sociais da populaça estão abaixo de cão isto pq as pessoas compensam a sua falta de inteligencia "humana" social ou pessoal como quiseram e substituem-na por uma tão abstracta que a unica diferença das maquinas das quais sao escravas é o facto de saberem falar, e assim uma geração de pessoas viradas para o imediato sem qualquer espirito critico vive presas na sua propria condenação pq nao tenham duvidas, é na idade da pos adolescencia que se fazem as escolhas mais dificeis e uma pessoa que no seu campo proprio, pessoal (nao digo relacional mas no caso de valores e modos de estar) aos 24 ou 25 anos ainda nao fez essa escolha, dificilmente a irá fazer no futuro.

7 Comments:

Blogger Ana said...

Gostei muito do teu post.
No entanto, quando escreves “competências sociais da população” não entendi muito bem esse conceito.
Posteriormente referes “inteligência humana social ou pessoal”, e na minha opinião não existe uma inteligência social; visto que a inteligência é uma capacidade humana, diferente de pessoa para pessoa, e não está presente nas máquinas mas sim no individuo que as constrói.

8:52 PM  
Blogger Charlie, The Sinner said...

Bem, há que ter conta, peso e medida, mas eu não sou, de todo, a melhor pessoa para falar disso em relação a computadores, e isto porque passo meia vida aqui agarrada e porque, infelizmente, é (quase) o único meio que tenho para falar com alguns amigos que estão longe. Se houvesse um scanner e uma impressora para pessoas... Garanto-te que seria a primeira pessoa a comprá-los!

Claro que prefiro os passeios a sério! Mas também se conhece boa gente por estes lados, já conheci gente amiga aqui.

Quanto a cabelos... A parte mais comprida do meu, há-de passar o rabo!!! A mais curta fica-se pelo nariz ou pelo queixo =D E sim, agora entra-se na época crítica, o frio, como é que se lava o cabelo de manhã??? (Raios partam os caracois...) Parece-me que não me escapo às horas no cabeleireiro a esticar. Por agora a gripe já foi.

Beijo.

9:16 PM  
Anonymous Karura said...

bem, as pessoas possuem o fantastico costume de se quererem esconder atras de um ecrã, porque se tivessem uma conversa a nivel pessoal, seria mais facil para o outro encontrar logo os defeitos dele e no fundo o que eu quero dizer é que todos nós temos medo de ser rejeitados, gozados e magoados com estas experiencias. eu falo um pouco por experiencia propia, quando era mais jovem, inocente e ainda com alguns sonhos, andei na tendencia de conhecer pessoas que falava pelo velhinho mIRC e muitas vezes arrependi-me de tal. não sou perfeita, é certo, mas o problema é mesmo esse, as pessoas que nos conhecem procuram perfeição em todos os niveis possiveis.
claro que isto não justifica nem desculpa a parvoice e a estupidificação humana que é feita através de um computador. eu sou da solene opinião que tal acontece porque as pessoas, de si, já não são lá muito certas e não é de certo uma maquina que vai melhorar a estupidez interior.

ja tinha saudades de ler algo aqui. tinha "ouvido dizer" que tavas sem net. espero que esteja tudo bem contigo.
tenho um artigo no blog que é capaz de te interessar, pelo menos estou curiosa em ouvir a tua opinião.

beijinhos***********************

11:16 AM  
Blogger Ana said...

Eu fiz a minha tese de licenciatura acerca das identidades e comunidades virtuais, e coloquei alguns apontamentos no meu blog, mas já são antigos, mas aqui fica a sugestão:

http://ana1974.blogspot.com/2006/09/internet.html
http://ana1974.blogspot.com/2006/09/ciberespao.html
http://ana1974.blogspot.com/2006/09/seduo-nas-salas-de-chat.html
http://ana1974.blogspot.com/2006/09/comunidades-virtuais.html
http://ana1974.blogspot.com/2006/09/ciberespao-ii.html
http://ana1974.blogspot.com/2006/09/identidades.html

Espero que gostes...

9:45 PM  
Anonymous Firnis said...

Sim, ha que confessar que a Net tem dado muito jeito para comunicar com o pessoal, levando a poupar uns trocos de telefone. Também sabemos que quanto mais acessíveis, fáceis e rápidos os meios de comunicação, mais depressa a sociedade evolui, através do permanente contacto entre novas ideias ou culturas. Teoricamente, pelo menos, pois corre-se o risco da estupidificação ou do uso incorrecto e preverso dos ditos meios... acredito na inteligência social, visto que há pessoas dotadas de uma certa capacidade que as leva a conseguir manter, sem quaisquer dificuldades, bons relacionamentos, ou a possuir poder de persuasão e influência sobre outras. Sim, isso também se pode fazer atrás de um monitor, se a pessoa souber escrever bem ou expôr-se de maneira clara e atraente em sites, blogs, etc. Mas que será então feito da tão interessante e importante comunicação visual? Da gestualidade usada, da maneira de falar, do tom de voz empregue, da postura, da expressão facial e do olhar? De todos estes sinais que são capazes de deixar adivinhar um pouco da personalidade da pessoa, quando observados com atenção? Entao a sociedade já não será mais social!! Visto que às relações sociais também importa, e muito, o contacto físico! Como diz o Voice, ninguém esquece uma boa conversa de café...

12:12 AM  
Blogger DRACULEA Café Bar - The Devil's Den said...

Interessante a tua exposição, apesar de discordarmos dela em alguns aspectos (concordamos em outros, é assim mesmo que as coisas são, não é?)... Particularizamos um: quando dizes que alguém que aos 24 ou 25 anos ainda não escolheu o seu sistema de valores, enfim, o seu carácter, já dificilmente o fará... parece-nos que partes do pressuposto errado... Os caracteres não são resultado de escolhas de valores, são frutos de vivências e experiências que nos acontecem ao longo da vida... mal de nós se tivéssemos o nosso "cosmos" formado num quarto de século, a seguir só nos restaria a prepotência de algum modo fascista ou o suicídio...

4:09 PM  
Anonymous Sollitude said...

A internet é um poço sem fundo, sem dúvida. Mas aqui só estão a ver como uma ferramenta de diversão. Tudo bem que assim o seja e que a vejam assim. Mas no fundo ela é a responsável por um numero sem fim de empregos. Acreditem no que afirmo, mas infelizmente como qualquer tecnologia hoje em dia ela cria maus vícios, não culpem a tecnologia mas sim os seus utilizadores.

Exemplo: se um hospital não tem internet durante duas horas.... o trabalho dos funcionários atrasa dois dias (não me perguntem porque dois dias, mas é o que acontece)

Eu passo as tais 10/12 horas à frente dele. Mas nunca recusei sair por causa da Internet com o pessoal. Não acusem a internet

1:43 PM  

Post a Comment

<< Home